A Associação e Rede de Cooperação Social – Arcos promove a partir de segunda-feira, 4, a 1ª Jornada do Terceiro Setor. O evento será composto por palestras, debates e apresentações, de forma a estimular a troca de experiências entre as instituições sociais de Catanduva e Região. A programação é inteiramente gratuita e prossegue até o dia 10 de abril.

“Teremos abordagens sobre violência doméstica e contra a mulher, direitos das crianças, adolescentes e idosos, pessoas com deficiência, com dependência física, câncer e outros. Desenvolveremos ações voltadas à consciência ecológica, a manifestações culturais e à união das pessoas e instituições em prol da promoção social”, enaltece o juiz Wagner Ramos de Quadros, presidente da Arcos.
A solenidade de abertura será realizada na segunda-feira, às 19 horas, seguida pela exposição ‘Violência doméstica e contra a mulher’, a partir das 19h30. Será apresentado o projeto Flor de Lis, com a juíza de Direito Patrícia da Conceição Santos e a promotora Bruna Maria Buck Muniz.

Também serão apresentadas as organizações ligadas à Arcos, com a Associação Monserrat, Soroptimist Internacional Catanduva, Visão do Futuro de Tabapuã e Conselho Municipal da Mulher. O evento será no auditório da Faculdade de Direito da Unifipa.

No dia 5, terça-feira, haverá Ato Público com o Conselho Institucional do Saciedade – Comitê para a Promoção Social, às 19 horas, no Sesc Catanduva.

As atividades prosseguem na quarta-feira, 6, com a palestra ‘Direitos e garantias às pessoas com deficiência: o papel do Terceiro Setor no processo de inclusão social’, às 19 horas, e o painel ‘Direito dos Idosos’. As duas atrações serão no Anfiteatro Padre Albino.

No dia 7, quinta-feira, será celebrado o aniversário da Arcos em solenidade às 19 horas. Na sequência, haverá a palestra ‘Papel do Terceiro Setor na garantia dos direitos da criança e do adolescente’, com a professora Ana Paula Polachini, da Unifipa. As atividades serão no auditório Prof. Edgard Antunes, no piso térreo da Prefeitura de Catanduva.

A agenda da sexta-feira, 8, terá duas palestras: ‘Dependência química, classificação, tratamento e rede de serviço institucional’, às 19 horas, com a psicóloga Natália M. Carnelossi, e ‘Câncer e Casas de Apoio’, a partir das 20 horas. O local será o Anfiteatro Padre Albino.

Para o dia 9 de abril, às 9h30, está prevista a inauguração do posto de atendimento do CVV – Centro de Valorização da Vida, no Terminal Rodoviário João Caparroz. O núcleo será mantido pela Aviva – Associação para Valorização da Vida.

“A Jornada do Terceiro Setor é um evento que nasce agora em abril como fruto de quatro anos de atuação da Arcos. Nesses quatro anos conseguimos estabelecer as bases dessa grande construção, que é a união das organizações da sociedade civil de caráter beneficente. Desde 2018 nós nos aproximamos para atuar em unidade e em rede”, frisa Quadros.

Segundo o magistrado, foi superada a situação em que pessoas ou grupos tinham iniciativas isoladas, chegando ao atual cenário, “em que a construção de uma sociedade mais humana é uma construção coletiva”. “É assim que hoje, na região de Catanduva, já temos 44 organizações filiadas à Arcos, e várias outras estão se aproximando.”

Ele afirma, ainda, que neste ano de 2022, está sendo dado importante passo, com investimento na conscientização sobre temas de interesse social e na divulgação das ações realizadas pelas organizações filiadas à Arcos. “É possível dizer que, onde há pessoas em situações de vulnerabilidade, lá nós estaremos, seja para oferecer nosso apoio fraterno, seja para conhecer, estudar, pesquisar e propor medidas de melhoria e solução.”

Fonte: Jornal O Regional | Por Guilherme Gandini | 02 de abril, 2022

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *