A ideia de aproximar e reunir as organizações sociais beneficentes era antiga na região de Catanduva, mas nenhuma das iniciativas anteriores vingou.

No final do ano 2017 um pequeno grupo de pessoas que atuava em prol da Casa de Apoio à Criança de Catanduva começou a visitar outras instituições da área da assistência social, e se deu conta de que a realidade dessas organizações era muito semelhante. Todas eram administradas e mantidas por poucas pessoas idealistas e passavam por dificuldades semelhantes, de natureza financeira, organizacional, e de mão de obra. Todas realizavam ações sociais admiráveis e indispensáveis, mas não contavam com o respaldo social, empresarial e público suficientes. O cotidiano delas consistia na conjunção de duas demandas principais: realizar a sua missão de ajudar pessoas em condições de vulnerabilidade social, e conseguir elas próprias sobreviver!

Essa constatação de que as instituições tinham em comum essa missão e essa dificuldade fez nascer naquele grupo de voluntários da Casa de Apoio à Criança a percepção de que se elas se aproximassem, unissem seus esforços, compartilhassem recursos, experiências e conhecimentos, as suas ações sociais ganhariam em qualidade,

A proposta de criação de uma associação das organizações sociais beneficentes surgiu assim. Em Janeiro de 2018 foi realizada em espaço cedido pelo Sesc de Catanduva uma reunião para a qual foram convidadas algumas dezenas de dirigentes daquelas instituições. A proposta foi aprovada por unanimidade. Nos meses seguintes realizaram-se reuniões no Senac, na Sinharinha Neto, até que no dia 07 de Abril daquele ano, no Anfiteatro Padre Albino, ocorreu a solenidade de fundação da ARCOS – Associação e Rede de Cooperação Social.

Na fundação já contávamos com 31 organizações sociais associadas, de Catanduva e municípios ao redor, com boa perspectiva de importante crescimento do quadro social, com a adesão de várias outras instituições posteriormente. Baseada exclusivamente em trabalho voluntário, e até então sem qualquer contribuição financeira por parte das entidades associadas, estamos estruturando a Associação, procedendo o levantamento e análise das necessidades, organizando ações conjuntas, especialmente entre os setores de atuação (por exemplo, Crianças e Adolescentes, Usuários de Substâncias Psicoativas e Codependentes, Idosos e Portadores de Alzheimer), planejando ações de conscientização da população, estudando e pesquisando fontes de financiamentos, fornecendo apoios e orientações técnicas e jurídicas às associadas, realizando reuniões periódicas para enfrentamento dos problemas, desenvolvendo o trabalho em rede, com colaborações recíprocas, sempre respeitando o princípio de que JUNTOS SOMOS MAIS FORTES.

 

NOSSO PROPÓSITO

O nome ARCOS – Associação e Rede de Cooperação Social diz quase tudo sobre a razão da sua existência: a aproximação e união dos esforços das organizações sociais beneficentes, com compartilhamento de capacidades, habilidades, experiências, conhecimentos e recursos resulta na construção de uma rede em que vários atores sociais trabalham de forma organizada e estruturada de modo a amplificar e melhorar os resultados de suas ações.

Além do ganho em eficiência e motivação, praticamos a cooperação (trabalhamos juntos!) e assim comprovamos e mostramos para a sociedade que o caminho para as transformações efetivas do mundo consiste na união de forças para a proteção e o bem dos direitos fundamentais dos seres humanos, especialmente aqueles que mais necessitam, em razão de sua condição de particular vulnerabilidade social.